Sermão do Fim do Mundo – Parte 6

1 0
Read Time:3 Minute, 23 Second

Introdução

No contexto teológico contemporâneo, o preterismo completo oferece uma interpretação distinta dos textos escatológicos do Novo Testamento, particularmente os discursos de Jesus sobre o fim dos tempos registrados nos Evangelhos sinóticos (Mateus 24 e 25, Marcos 13 e Lucas 21). Este artigo se propõe a explorar profundamente essas passagens, com especial atenção aos versos 6 e 7 do capítulo 24 de Mateus, buscando contextualizar as referências às guerras mencionadas por Jesus dentro do quadro histórico daquela geração específica.

O Contexto Histórico e Bíblico

Em Mateus 24:6-7, Jesus alerta sobre guerras e rumores de guerras, mas adverte que tais eventos não marcam o fim imediato. A chave para entender esta passagem reside em sua afirmação de que tudo isso ocorreria dentro da própria geração dele. Assim, é crucial considerar os eventos históricos do primeiro século para uma correta interpretação das profecias.

A Importância de Tácito e Flávio Josefo

Os relatos de Tácito, em suas Histórias, e de Flávio Josefo, em suas obras Antiguidades Judaicas e Guerras dos Judeus, são fundamentais. Tácito descreve um período repleto de guerras civis e estrangeiras, ilustrando a turbulência prevista por Jesus. Flávio Josefo, por outro lado, detalha conflitos específicos que ocorreram antes da queda do Templo em 70 d.C., como a grande revolta judaica e diversas lutas internas na Judeia.

Análise Detalhada das Guerras da Época

Flávio Josefo registra múltiplos levantes e conflitos que ocorreram na Judeia e em territórios vizinhos durante a vida da geração que ouviu as previsões de Jesus. Estes eventos incluem:

Banner de Publicidade
  1. Conflitos entre Iberianos e Partos (35 d.C. e 42 d.C.),
  2. Rebeliões na Grã-Bretanha e Alemanha contra Roma,
  3. Guerras Persas-Partas que refletem as tensões internacionais da época,
  4. Levantamentos locais na Judeia, como os que foram incitados por falsos messias, como descrito por Josefo.

Cada um desses eventos se encaixa no padrão de “guerras e rumores de guerras” que Jesus predisse.

Jesus e a Geração do Templo

A afirmação de Jesus de que essas coisas aconteceriam antes que a geração da época passasse não apenas contextualiza as previsões dentro de um prazo específico, mas também destaca sua relevância imediata para seus ouvintes. A destruição do Templo em 70 d.C. serve como um marco crucial para essa profecia, simbolizando o fim de uma era e o cumprimento das palavras de Cristo.

Relevância para o Preterismo Completo

Para o preterismo completo, o cumprimento dessas profecias na geração de Jesus é essencial para entender a natureza de suas previsões. Essa abordagem afasta a interpretação de que tais eventos têm um cumprimento futuro ou em curso nos dias atuais.

Conclusões Teológicas e Históricas

O estudo detalhado dos textos bíblicos à luz da história romana e judaica do primeiro século revela que as advertências de Jesus sobre guerras, conflitos e cataclismos foram diretamente relevantes para seus contemporâneos. Este entendimento não apenas reforça a precisão das profecias de Jesus, mas também enfatiza a sua intenção de alertar sua geração para os desafios iminentes.

Implicações para a Teologia Moderna

A interpretação preterista completa desafia a visão futurista tradicional e sugere uma leitura mais contextualizada das Escrituras. Isso não diminui a relevância espiritual das palavras de Jesus, mas encoraja os crentes modernos a considerar como as Escrituras foram entendidas em seu contexto original e como esse entendimento pode influenciar a fé cristã hoje.

Encerramento

Concluímos que as palavras de Jesus, vistas através da lente do preterismo completo, fornecem não só um vislumbre de sua época, mas também lições valiosas sobre como interpretar eventos e profecias em qualquer era. A história e a Escritura caminham juntas, cada uma iluminando a outra, proporcionando uma fé fundamentada tanto na realidade quanto na revelação divina.

Fim do Artigo

Este estudo nos leva a uma apreciação mais profunda da precisão histórica e da relevância contínua das palavras de Jesus, destacando como os primeiros cristãos podem ter percebido e respondido a seus ensinamentos. Para mais insights e uma análise mais aprofundada, o leitor é encorajado a se referir ao livro “O Sermão do Fim do Mundo”, que será disponibilizado em breve.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Banner de Publicidade

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *